| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • You already know Dokkio is an AI-powered assistant to organize & manage your digital files & messages. Very soon, Dokkio will support Outlook as well as One Drive. Check it out today!

View
 

Inês V P 5C

Page history last edited by Inpi 10 years, 10 months ago

A Mãe

 

Imagem: Hellas Multimedia

    A minha Mãe é alta, magra e tem as pernas longas. O cabelo dela é curto castanho e ondulado, com o rosto redondo; quando sorri, tem os traços que mostram tudo da personalidade boa e bem disposta; quando se zanga, os seus traços mostram um ar adulto e de quem tem razão.

    Mãe de quatro filhos, com a leveza de fazer o jantar, com a flexibilidade de tirar a roupa da máquina, a harmonia de resolver problemas, a rapidez de lavar a loiça, a graciosidade de pôr a mesa, a força de dizer "sim" e "não" quando é preciso e a energia para ir trabalhar.

    Ela não é pirosa de todo: o vestuário é o normal, calças de ganga, blusas às flores, botas, brincos e relógio.

     É muito boa a fazer justiça,  tem o talento especial de ser poupada, gosta muito de ir beber um copo com as amigas e de ficar sozinha em casa.

     A única situação mais inesquecível vivida em comum com ela  é que somos as duas inseparáveis. 

    Conhecendo a minha Mãe como conheço, sei que o que ela vai fazer para o futuro é continuar a criar os seus filhos até ao fim, mesmo que a situação seja muito complicada.

     Eu acho  que a minha Mãe nunca se esquecerá das pessoas que gostam dela, nem as pessoas que gostam dela a esquecerão.

     Mãe, este texto dedica-se a si, sem uma ponta de lamechices.

Inês V P 5C 

 

Uma Tarde de Cascais

 

Imagem: Visita Virtual

    As nuvens brancas mostram um clima ameno, o céu azul refletido na água da costa de Cascais acaricia a areia com as pequenas ondas. Também as rochas cheias de vida, cobertas pela água, dão o seu toque especial à praia.

     O paredão desgastado do sol, a bater ali há tantos anos, distingue-se das paredes amareladas, a separar a vila de Cascais com as praias que dão um tom sereno e calmo àquela linda e apreciada costa... 

    As casas, das mais diversas formas, dão ainda originalidade a esta paisagem.

    A torre, disfarçada com palmeiras verdes e castanhas, dão um ar protetor a Cascais.

     As pequenas casas mais escondidas não deixam de parecer estar empilhadas umas nas outras. 

     E toda esta descrição acaba com uma pequena muralha que vai até ao fim da costa Cascaense.

Inês V P 5C 

 

 

O C.I.S.V.

 

     O C.I.S.V. é uma organização que faz campos de férias a nível internacional para crianças e adolescentes de todo o mundo durante o Verão.

     Antes de irmos para os campos de férias, temos uns fins-de-semana de preparação, que se chamam mini aldeias. Durante as minis aldeias, temos oportunidade de conhecermos outros meninos que vão para vários países à volta do mundo e fazemos vários jogos e atividades.

     Existem três mini aldeias; os meninos que forem a mais mini aldeias são os que têm mais probabilidades. Depois, há um sorteio, no qual se sabe qual é o país para o qual nós vamos. No sorteio também sabemos quais são os meninos que vão connosco na viagem.

     A delegação é constituída por dois rapazees e duas raparigas e um monitor mais velho, que vai tomar conta de nós . Eu vou para a Noruega.

Inês V P 5C

 

Esquema de Conto Maravilhoso (6)

Maria Sequeira 5C e Inês Vaz Pinto

 

1. Herói e seu Objetivo - O Fitinha Amarela queria que os animais não tivessem medo dos ursos.

 

2. Adjuvante - Ursinho terá que ter um Kit de Médico Mágico.

 

3. Oponente - Rainha da Floresta Negra que congela as pessoas com o olhar.

 

4. Objeto Mágico - Pó Mágico da Fada para voar.

 

5. Viagem Iniciática e 1ª Complicação - Todos ficam presos dentro de uma jaula, a viagem decorre numa colina, perto de um lago negro, na Floresta.

 

6. Local de Destino - Floresta Encantada.

 

7. 2ª Complicação e Clímax - Pelo caminho, a Fitinha Amarela quase cai num falésia, mas Ted salva-a com uma corda do seu kit mágico.

 

8. Resolução - Todos os animais ficam a saber por que não há necessidade de ter medo dos ursos e Fitinha Amarela consegue finalmente realizar o seu sonho.

 

 

 Comentário ao "Tsunami"

 

Imagem: MetEd

 

     Eu fui ver um filme chamado “O Impossível”. Este filme é baseado no Tsunami que houve na Tailândia em 2004. É uma história verídica que fala de uma família que foi passar o Natal à Tailândia e, um dia, quando estavam na piscina, começaram a ouvir um barulho estranho: palmeiras a cair e pássaros a fugir.

     Vinha aí um Tsunami: a família foi levada e separou-se: a mãe e o filho mais velho ficaram juntos, o pai e os dois filhos mais novos também e andavam na destruição total à procura uns dos outros.

     Eu acho que este filme está muito bem feito, os atores interpretam muito bem as personagens, mas acho que o filme devia ter um bocado mais de história.

     Acho que as imagens da destruição e do Tsunami estão muito realistas. É um bocado triste e tem alguma s cenas impressionantes. Eu gostei muito e aconselho a ir ver se não forem demasiado sensíveis a estas tragédias.

Ines VP 5C

 

 

 

O Verdadeiro Significado do Natal

 


Imagem: Magia no Arco-Íris

     Não, nunca defendi nenhuma causa no passado, pois nunca refleti sobre isso.

     Uma causa que eu gostava de defender, no futro, era o Banco Alimentar. Eu acho que defender uma causa com amigos é mais fácil, porque temos alguém que nos ajude, mas é mais difícil, porque nem sempre toda a gente concorda com as nossas ideias.

     Eu acho que nada nos pode impedir de lutar por aquilo que queremos, nem mesmo por causa da idade, nós somos livres de fazermos o que quisermos, e tudo é possível se acreditarmos. Eu acho que se eu e os meus amigos nos juntarmos para dar tampas, ia resultar. 

     Eu não arriscaria a minha vida por nada deste mundo.

Inês V. P. 5C

 

 

 

O Natal

 

 

      Na Véspera de Natal, eu costumo ir a casa da minha avó paterna jantar, depois os netos leem ou representam alguma coisa sobre o Natal e a seguir a minha avó dá os presentes.

     Vamos à missa do galo em que eu nunca assisto, porque depois adormeço e vamos para casa.

    No dia seguinte, acordamos todos os seis lá de casa, mas para tirar o meu irmão da cama isso já é outro assunto, mas acordamos todos, reunimo-nos na sala e damos os presentes. A sala não costuma estar enfeitada, mas eu e os meus irmãos fazemos a árvore de Natal e eu faço o presépio, costumamos cear brioches da Garret.

     O que eu gostei mais de receber foi um carro telecomandado.

Inês V P 5C

 

 

 

Porque Devemos Ler

 

 

     Eu gosto de ler mas não é qualquer livro, porque senão, farto-me e fico a meio.

    Eu acho que as pessoas devem ler, porque ficam a saber mais sobre a cultura e lendo mais escreve-se melhor.

     Eu estou a ler um livro que estou a adorar. Chama-se “As Gémeas no Segundo Ano em Santa Clara”, e estou a gostar tanto que ainda nem cheguei a meio que até já estou a pensar que quando acabar este quero ler o próximo.

     Eu aconselharia este livro à minha amiga Assunção.

     Eu explicaria a um colega que não gostasse de ler que primeiro tinha de tentar encontrar um livro que gostasse, mas que em vez de começar por aqueles livros que têm muitas folhas, começarem por aqueles livros que têm poucas páginas e depois sim, começar por aqueles maiorzinhos, e depois aposto que ia gostar de ler.

     Em conclusão: só leiam livros que gostem, senão ler vai ser uma “chatice”.

Inês V P 5C

 

Um Mundo Novo II

 


    Eu passei para o 5º ano. Esperava por este momento há quatro anos, mas agora percebi que não é assim tão bom. Sempre que vejo do meu recreio, a janela da minha professora da primária, vou lá espreitar, até que uma vigilante diga para eu me ir embora.

     Os meus momentos mais inesquecíveis no 1º Ciclo foi quando a minha turma resolveu fazer uma festa surpresa à professora no 3º e 4º anos. 

    Mas as vantagens de estar no 5ºano são que às quartas feiras temos tardes livres e um pátio maior. As desvantagens são que acabamos as aulas mais tarde e já não temos escorregas e brinquedos.

     Agora,  no 5º ano, os meus objetivos são aparecer no quadro de mérito e para isso vou aplicar-me e estudar.

 

      Inês V P 5C

Comments (3)

5B Madalena G said

at 2:54 pm on Oct 5, 2012

parabes pintas

5C Ana Clara R said

at 9:13 pm on Oct 5, 2012

Parabéns texto de qualidade!

5C Manuel B said

at 4:42 pm on Oct 7, 2012

boa

You don't have permission to comment on this page.