| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Work with all your cloud files (Drive, Dropbox, and Slack and Gmail attachments) and documents (Google Docs, Sheets, and Notion) in one place. Try Dokkio (from the makers of PBworks) for free. Now available on the web, Mac, Windows, and as a Chrome extension!

View
 

Miguel F 5B

Page history last edited by Inpi 8 years, 6 months ago

A Baía de Cascais

 


Imagem: Tips on Travel to Cascais

    Um dia, quando estava no hotel Baía, ao dirigir-me à varanda, comecei a observar o que estava à minha volta. Logo perto de mim avistei umas palmeiras altas e verdes; ao seu lado esquerdo corre um parque de estacionamento cheio de carros e carrinhas a trazer produtos para os restaurantes.

     Um bocadinho mais à frente, alarga-se um grande pedaço de areia, onde todos os pescadores estendem as redes e, nas festas do mar e na feira do desporto, montam as barraquinhas.

     Do lado esquerdo encontra-se um pontão, onde está a bomba de gasolina dos barcos de pesca; do outro lado, situa-se outro pontão onde os pescadores guardam as redes e os peixes e lá também se abriga a escola de vela de Cascais.

     Mais ao fundo encontro uma imensa porção de água toda coberta por barcos de pesca rodeados de gaivotas e ainda distingo uma Marina feita de pedra com barcos de diversas cores.

     O que acabei de descrever é tudo o que aprecio à minha volta.

Miguel F 5B

 

Da Minha Janela


 

Imagem: Okaboo

     São 21 horas e 26 minutos,chegámos do treino e subi para o meu quarto. Embora seja primavera, hoje a noite está fria e chove lá fora. Cheira a terra molhada! Eu gosto deste cheirinho!

     Estou em cima da minha cama, que está encostada à janela e de onde consigo observar toda a minha rua.

     A minha rua não tem passeios, é toda empedrada! Temos de ter cuidado quando saímos de casa, pois estamos logo na estrada.

     Do outro lado da rua existem uns candeeiros estranhos, são verdes, com um pé alto e, no cimo, têm uma bola de vidro gigante.Mesmo por trás de um desses candeeiros, está o portão azul da vizinha Luísa que é enfermeira.Se descermos a minha rua, lá ao fundo, está a linha do comboio e depois da linha, mesmo ao longe, ainda consigo alcançar os barcos no mar.A minha janela, na qual tenho o nariz encostado para conseguir avistar tudo o que se passa lá fora, está molhada da chuva e as pequenas gotas parecem pérolas coladas nos vidros.

Miguel F 5B

 

     

Rita, a Minha Gata 

 

Imagaem: Ookaboo

    Quando eu nasci, a minha gata já tinha catorze anos. Ela já vivia em minha casa com os meus pais. 

     A Rita não era nem muito grande nem muito pequena, nem muito gorda nem muito magra; tinha pelo curto e castanho, olhos azuis e uma cauda muito curtinha, era de raça siamês.

     Como todos os gatos, gostava de espaço, mas gostava de um colinho, principalmente no inverno; gostava de tomar banho connosco, de dormir em cima das nossas pernas, e o seu prato favorito era frango no churrasco, ficava maluca só com o seu cheiro!

     Ela sabia sempre quando chegávamos a casa e vinha a correr para a porta da rua; gostava de apanhar solzinho no tapete dos vizinhos, enquanto brincávamos na varanda.

     Os anos foram passando, a Rita ficou mais velhinha, já não precisou mais de ir ao veterinário.

     Mudámos de casa e ela mudou connosco. Em Maio de 2012, começou a ficar  muito velhota, deixou de comer, deixou de beber, e já só se mexia para apanhar sol na janela do escritório.

    Um dia, saímos de casa e, quando voltámos, ela não foi ter connosco.

     Nessa mesma noite, despedimo-nos dela e enterrámo-la no quintal, no seu lugar preferido.

     Assim, está sempre na nossa memória. 

Miguel F 5B

      

O Retrato da Minha Mãe

 

Imagem: Hellas Multimedia

 

    A minha Mãe tem 42 anos. Nem é muito alta nem muito baixa. É bonita, com um corpo e umas pernas, geralmente, bonitas, cabelos curtos e pretos, presos por um elástico e tem um rosto oval.

    Ela tem uma pele muito branquinha e com muitos sinais, uns maiores que outros.

    Tem olhos castanhso, boca média e nariz não muito bicudo nem muito grande e não tem borbulhas na cara, nem rugas.

    A minha Mãe tem o peso necessário para a sua idade, é flexível, (consegue fazer espargatas, puxar a perna atrás, etc) não é muito rápida, porque não gosta de correr, é forte e enérgica. 

    O seu vestuário favorito é um polar verde coom calças pretas e vermelhas.

    A minha Mãe é divertida, uma mulher de bom humor, preocupada com as coisas interessantes e tem muita coragem. A minha Mãe é muito boa a praticar ginástica e, à noite, a jogar solitário no computador e jogar jogos de tabuleiro. 

    Nós já fizemos muitas experiências inesquecíveis, mas a que mais gostei foi a de ir para a Madeira.

    A minha Mãe, no futuro, quer continuar a dar aulas.

    Este retrato é para ti, Mãe.

    Feliz dia da Mãe!

Miguel F 5B 

 

O Meu Autoretrato

 

 

 

Imagens: Wp Clip Art

 

      Chamo-me Miguel F, sou de estatura média e não sou muito gordo nem muito magro. O que eu mais gosto de vestir é a minha T-shirt do Sherrok com a sweat da Adidas ou da Monster, com calções azuis. O meu rosto tem forma oval, cabelos lisos, castanhos e não muito curtos.

     Tenho uma testa nem muito pequena, nem muito grande, orelhas e nariz pequenos, olhos pequenos e azuis, boca de tamanho médio, arredondada, queixo redondo, uma face redonda e branca, sou todo muito branquinho.

     O que mais gosto de fazer na vida é estudar e fazer desporto, como a esgrima e a natação.

     A minha atividade favorita é fazer desporto e o meu hobbie é construir carros.

     No meu futuro, gostava de ser taxista e médico, e gostava de ser casado e ter um filho, para a família "Frazão" seguir em frente.

     Para mim, o que eu gosto da família é estarmos reunidos, o que é raro, e  gosto de ter muitos amigos para poder fazer várias coisas.

Miguel F 5B

 

O Meu Domingo de Páscoa

 

Imagem: Hellasmultimedia

 

     Ontem foi Domingo de Páscoa. Para mim e para a minha família foi um dia muito preenchido.

     Logo de manhã, tivemos a festa de anos do meu irmão, onde estavam os meninos da esgrima, as meninas da ginástica e os amigos do futebol.

     A festa começou às 9h 45m e logo às 10 horas já estávamos de molho na piscina. Começámos por fazer uma corrida e um jogo de polo aquático entre os Benfiquistas e os Sportinguistas e, logo de seguida, fomos brincar. Saltámos dos blocos, nadámos e brincámos com os colchões.

      Quando saímos, fomos para a bancada da piscina comer e soprar as velas do bolo que era um campo de futebol.

      Após a festa do meu irmão fomos a casa guardar as coisas.

      De seguida, fomos a casa dos meus avós fazer um almoço de Páscoa. Em casa da minha avó recebi uns sapatos e uma espetada gigante;  em minha casa recebi um coelho com smarties como prenda de Páscoa.

     Quando fomos embora, fomos para casa montar os Legos que o meu irmão recebeu e fomos estrear a sua bicicleta nova. À noite,  a seguir ao jantar, fomos ver o "Vale Tudo".

Miguel F 5B

 

A Ida ao Oceanário de Lisboa

 

Imagem: oferecida ao autor

 

    No dia  26 de Março, fomos ao Oceanário de Lisboa, com os bilhetes oferecidos na prova de esgrima. Fui lá com o meu pai, com a minha mãe e com o meu irmão.

     Começámos por visitar a Exposição Temporária onde havia muitas tartarugas. Nessa exposição, o que mais gostei de ver foi as tartarugas gigantes que, quando eu tinha os pés por cima de uma placa de vidro, elas passavam por baixo de mim.

 

Imagem: Breakfast@Tiffany's

    Lá também gostei de ver alforrecas magrinhas, com muitos tentáculos muito pequeninos. Na exposição fixa, havia um super aquário onde estavam várias espécies de tubarões - tubarão tigre e tubarão de pontas pretas - ; de peixes - peixe lua, dorie, etc . Também fora do super aquário havia pinguins, leões marinhos e, dentro de pequenos aquários, havia rãs, sapos, anémonas, alforrecas, ouriços e cavalos marinhos. Nesta exposição, a minha parte preferida foi ver os pinguins a escorregar no gelo e a caírem das rochas.

      Assim foi esta minha ida ao Oceanário de Lisboa.

Miguel F 5B 

 

 

Cascais, 21 de Fevereiro de 2013

 

                    Querido Neto!

 

     Como sabes, eu já estou muito velhinho e achei melhor dizer o que desejo para ti, para teres um bom futuro.

    Gostava imenso que te divertisses, fazendo um desporto divertido. Gostava que o Papa fizesse várias atividades, jogos tradicionais e organizasse piqueniques com toda a população.

     Adorava que no resto da tua vida os telejornais não tenham notícias tristes, tenham notícias de amor e tenham notícias de jogos conhecidos e tradicionais de cada região e que o povo se revoltasse e pusesse todos os restaurantes muitíssimos baratos e cada vez mais saudáveis.

     Desejo-te muita sorte para a escola, que tenhas boas notas e que te divirtas muito com os teus amigos.


Beijinhos e abraços do teu melhor amigo.

 AVÔ                            

Miguel F 5B   

O Meu Ano Novo

 

     No dia 31 de Dezembro, eu, os meus  pais e o meu irmão, como ainda estávamos no Algarve, acordámos bem cedo para irmos apaonhar conquilhas para a Passagem de Ano.

     A seguir ao almoço, viajámos para S. Pedro, para ir a casa dos avós maternos passar o ano.

     Já de noite, em casa da avó, enquanto eu e o meu irmão brincávamos, a Mãe e a avó Neta faziam o jantar. Jantámos conquilhas e carne assada com arroz de pinhões e passas.

     Ao acabarmos de jantar, fomos para perto de uma mesa cheia de doces que estava na sala. A mesa tinha sonhos, filhoses, doces de ovos e mini pastéis de nata.

     Mais ou menos às 23h, começámos a encher os balões para rebentarmos.

    Perto da hora fomos buscar as uvas, subimos para o sofá e, à meia noite, comemos as uvas, rebentámos balões e o avô abriu o espumante.

    Fizemos todos um brinde! Depois de telefonar à avó Ana, que estava em Espanha, fomos lá para fora e fizemos fogo de artifício com uns tubos de serpentinas. No final, fomos ver um bocadinho de televisão e só nos deitámos às 1h 30 m da manhã.


Miguel F 5B 

 

No Teatro de Almada

 

Imagem: O Fantasma das Melancias

     No dia 22 de Dezembro, a Mãe do Pedro convidou-nos para ir ao teatro de Almada.

     A peça era composta por três histórias, sempre com o mesmo cenário e três atores. As histórias eram "O Avarento" "O Galo que queria ter dentes" e a principal era "O Fantasma das Melancias".

     A história principal falava de um Menino e de uma Mãe que viviam num campo cheio de melancias.

     Quando o menino estava a brincar, a Mãe dele pediu-lhe para apanhar melancias e, em troca, dava-lhe uma sanduiche de presunto, queijo e leite condensado.

     O menino, quando acabou de apanhar as melancias, ficou a cuidar das melancias enquanto a Mãe foi vender coisas à cidade. De tão cansado que estava deitou-se no chão e adormeceu, até que um ladrão, que mais tarde se tornou num fantasma, roubou uma melancia.  

     A história foi continuamente assim, cada vez que o menino adormecia, o fantasma roubava-lhe uma melancia, até que o menino descobriu o ladrão e deu-lhe com um pau na cabeça.

     Quando o espetáculo acabou, recebemos presentes.

     Depois, fomos lanchar e o pai do Pedro mostrou-nos todo o teatro. A carpintaria, o teatro principal, os camarins, a sala de convívio e o restaurante.

 

Miguel F 5B  

Em Defesa de uma Causa

 


Imagem: Dia Mundial da Criança

     Há alguns anos atrás, eu e o meu irmão ajudámos uma Instituição de Crianças e mandámos, pelo correio, brinquedos e roupas para esses meninos.

     No futuro, gostava de ajudar crianças que têm fome. Para isso, gostava que os meus amigos me ajudassem porque, assim, juntávamos mais soluções com ideias diferentes.

     Sempre gostei de ajudar uma Instituição, mas não consigo lutar por isso, porque não sei onde ir. Gostava de envolver os meus amigos para ajudar crianças, procurando na internet notícias que lhes mostrassem que ainda existem muitas crianças a passar fome, quer seja em Portugal ou noutros países do mundo.

    Já pensei arriscar a minha vida para ajudar causas, mas cheguei à conclusão que, para ajudar os outros, eu tenho que me sentir bem e seguro.

Miguel F 5B 

O Meu Natal

 

Imagem:  Hellas Multimedia

     Para mim, o Natal é uma data que se comemora o Nascimento de Jesus. As pessoas e as Famílias reúnem-se e trocam lembranças.          Nesta altura, as ruas e as casas estão enfeitadas e as pessoas andam mais alegres.

     No meu Natal, todos os anos, juntamos os avós, os tio e os primos e jantamos no dia 23, bacalhau com couves e muitos doces. No dia 25, almoçamos peru e voltamos a "atacar" os doces. O pai faz anos no dia de Natal, por isso costumamos, depois do almoço, juntar-nos em nossa casa.

     Há uma tradição que eu gosto muito, que é, no dia 24, ir distribuir as prendas, algumas feitas por nós, por familiares e amigos, que não vão estar connosco nestes dias.

     Também costumamos juntar brinquedos e alguma roupa para dar. Este ano, no dia 14 de Dezembro, vamos ajudar a "Ajuda de Mãe" e "Ajuda de Berço", numa campanha de recolha organizada pelas turmas da escola do meu pai. Este Natal vou celebrar com os meus tios e o meu primo da Alemanha, o que é raro fazer.

Miguel F 5B

 

 

 

O Meu Natal

 

Imagem: Hellas multimedia

     No dia 24,logo de manhã,vamos distribuir os presentes pelos amigos e familiares. Entramos e saímos de várias casas enfeitadas e quase todas a cheirar a Natal. Depois vamos até casa dos avós onde, enquanto brincamos, a mãe ajuda a avó na cozinha.

     A avó costuma enfeitar a casa, o quintal, todas as janelas, com muitas luzes, bolas, estrelas... Nós ajudamos a montar a árvore de Natal e o Presépio. Ao fim da tarde, juntam-se a nós a avó Ana, os tio e os primos. A casa cheira a "doces" e, na hora de jantar, o bacalhau com batatas e couves vem quentinho para a mesa. A avó costuma montar uma mesa só com doces, muitos doces  - filhoses, sonhos, arroz doce, bolo-rei, mousse, broas, baba de camelo...

     Passamos a noite a brincar e a conversar uns com os outros, mas não abrimos as prendas à meia noite. Vamos para casa e só de manhãzinha vemos as surpresas que estão na árvore.

     No Natal, os meus presentes favoritos foram: o Toysarus da Lego, o Banco da Lego e a minha Família. Em todos os Natais eu dei presentes, mas o que eu gostei mais foi os bolinhos de coco porque foram feitos por mim.

     Voltamos a casa da avó para almoçar um perú gigante. Mas o nosso Natal é um bocadinho diferente, porque o pai faz anos. Assim, à tarde, a festa é em minha casa

Miguel F 5B 

 

 

O Meu Natal deste Ano

 


Imagem: Christmas in Budapest

      Este Natal vou enfeitar a casa com os meus pais e com o meu irmão. Vamos pôr uma árvore de Natal perto da lareira com bolas, luzes e estrelas e, no meu quarto, vou montar uma árvore de Natal toda feita de Lego. Também vamos espalhar pela casa muitas velas em forma de Pai Natal, estrelas e até uma rena.

     Para a chegada do Natal, vou-me preparar participando na Eucaristia que se vai celebrar no pavilhão da minha escola no último dia de aulas.

     A prenda que eu gostava mais de receber é ir a Budapeste com os meus pais e o meu irmão porque foi uma cidade onde o meu pai esteve 100 dias e gostou muito.

     Para a minha família, desejo um Natal com muita saúde especialmente ao meu avô, que está doente.

     Eu gostava que este Natal os meus amigos recebessem o que pediram, porque era sinal que se tinham portado bem.

     A todas pessoas do mundo desejo um santo Natal e que consigam atravessar todas as dificuldades neste tempo de cirise.

Miguel F 5B

 

 

 

Um Momento Fantástico

 

Imagem: Turismo Rural, Alentejo

     No fim das férias de Verão, eu, o meu irmão e a minha mãe fomos a uma despedida de solteira na Costa Alentejana. Estivemos o dia todo numa piscina que terminava num precipício, com uma vista fantástica para um rio e um sem númeroro de árvores que o rodeavam. À  volta dapiscina estavam vários chapéus de sol, um jacuzi, um lago com rãs, e, ligeiramente abaixo da piscina, onde parte da água caía, estava outra piscina com um escorrega.

     Toda a gente, os amigos da Maria e a própria Maria estavam contentes a dar mergulhos, outros a conversar e outros dentro do jacuzi a conversar e ainda havia gente a apanhar sombra junto da piscina.

     Almoçamos perto da piscina e, à tarde, eu e o meu irmão fomos descer no escorrega da outra piscina com a Sónia e com a Maria. Eu também estive no jacuzi com o meu irmão a conversar. O jacuzi fazia massagem!!!

     Ao fim da  tarde, quando ficou frio, saímos da piscina e fomos para casa com uma recordação inesquecível.

Miguel F 5B 

 

As Minhas Leituras

 

 

     Eu sou daquelas pessoas que gosta de ler e escrever. Já tive muitos momentos felizes de leitura, no meu pufe verde, na cama e cá no colégio, quando os meus pais estão a dar os treinos.  

     Eu adoro ler livros de aventuras em que se tem de resolver mistérios como os livros do Gerónimo Stilton. Quando leio algum livro, leio-o e apresento-o aos meus pais, mas quando estudo Ciências ou HGP, faço os meus fantasmas mentais para quando os meus pais fizerem perguntas, correr bem.

     Na minha escola antiga, consegui um dia convencer um amigo meu a ler apresentando-lhe  o meu livro e a dizer que ele devia ler este livro. No dia seguinte, chegou à escola com o livro lido. Ele estava tão contente que leu, leu, leu e ainda agora lê.

     O projeto que gostava de apresentar era "Joe Carote" ( O narrador) .

     Assim foi, acabou aqui o meu texto sobre as minhas leituras.

Miguel F 5B

A Mudança

 


Imagem: Chee Dee Books Blog

     Nesta nova etapa senti o aumento da minha liberdade. Já posso andar no pátio dos mais velhos e á hora do almoço posso sentar-me no lugar que quiser.

     Este ano tenho vários professores, um para cada disciplina, o que é mais giro.

     Com todos estes professores aprendi várias formas de estudar para continuar a ter boas notas.

     Este ano também me senti mais responsável pelos meus pais confiarem em mim e deixarem-me fazer mais coisas.

     Do 4º para o 5º ano não senti muito a mudança dos meus colegas porque do 3º para o 4º ano mudei de escola e ao mudar de escola mudei os meus colegas todos.

     Eu fiquei com muitas saudades das duas professoras, mas sinto mais saudades da professora da escola antiga porque a professora do 4º ano vejo todos os dias.

    Gostei de todas as festas do primeiro ciclo, mas gostei mais das marchas populares e do carnaval.

   Na primária jogava sempre aos meus jogos favoritos que eram a apanhada e as escondidas e sempre tive um esconderijo secreto que não o posso contar porque ainda o utilizo hoje.

    Este ano gostava de continuar a ser bom aluno e a estudar bem, gostava de manter a turma assim com muitos amigos e em termos pessoais queria continuar a crescer, a aprender e a ser menos ansioso.

 

Miguel F 5B

Comments (2)

5B Madalena G said

at 3:38 pm on Oct 5, 2012

parabes miguel

5B Madalena G said

at 8:10 pm on Jan 16, 2013

parabens miguel a costa alentejana é muito bonita

You don't have permission to comment on this page.